Programa Resenha Esportiva na Meio Norte FM de Camocim - 14/02/2021

segunda-feira, 5 de abril de 2021

COMO A COPA DO NORDESTE SE TORNOU O MAIOR CAMPEONATO REGIONAL DO PAÍS NO BRASIL DA PANDEMIA


Dos dezesseis clubes da Copa do Nordeste, quatro disputarão a Série A do Brasileirão e cinco estarão na Série B. Os nove times somados fazem do torneio regional o de mais equipes nas duas divisões de elite do futebol do Brasil. Nem o Campeonato Paulista alcança este número, levando em conta que São Paulo terá Corinthians, Palmeiras, Santos, São Paulo e Bragantino na Série A, Guarani e Ponte Preta na B.
Não é só pelo fato de contar com nove clubes nas duas principais séries que a Copa do Nordeste ganhou destaque. Neste semestre, especialmente com a paralisação do Campeonato Paulista e a proibição de jogos do Carioca na cidade do Rio de Janeiro, alguns dos melhores jogos do semestre têm acontecido no Nordeste.
Neste final de semana, os jogos Fortaleza 2 x 1 Bahia e Sport 0 x 4 Ceará só tiveram concorrência no Grenal e em Atlético x América, dentro do país. Do ponto de vista econômico, o campeão da Copa do Nordeste embolsará R$ 3 milhões, cinco vezes a mais do que o dinheiro de TV do Campeonato Cearense. A comparação é importante, principalmente para Fortaleza e Ceará, impedidos de disputar o estadual por decisão do Ministério Público, que julgou necessária a paralisação dos jogos do estadual, mas se julga incompetente para proibir competições de âmbito regional, como a Copa do Nordeste.
Por isso, pode ter jogo de Copa do Nordeste no Ceará, mas estão proibidas as partidas do estadual, ao menos até a segunda-feira, dia 12.
"Não é apenas o aspecto econômico, mas principalmente o interesse da torcida", diz o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz. "É nossa grande preparação para o Brasileiro, porque aqui já jogamos duas partidas contra times de Série ", afirma, refererindo-se aos jogos contra Bahia e Ceará.
Diferentemente do Carioca, em que o Flamengo pode ser tricampeão, e do Paulista, que teve o Corinthians tri entre 2017 e 2019, a Copa do Nordeste não tem vencedores que se repitam desde 2016. Ganharam Santa Cruz, Bahia, Sampaio Corrêa, Fortaleza e Ceará. Nesta edição, os dois times cearenses lideram seus grupos e a vitória do Fortaleza sobre o Bahia aliviou a situação de Enderson Moreira, técnico questionado, no Pici.
Por outro lado, a goleada sofrida pelo Sport contra o Ceará provocou a demissão de Jair Ventura.
Ceara e Fortaleza líderes mostram também como o trabalho transformou os clubes do Estado: "Antigamente, sabíamos que íamos perder, quando um time do Ceará enfrentavam algum de Pernambuco. Isto mudou", diz Marcelo Paz. A classificação escancara isto. Com o Cearense parado, mais evidente fica o fato de que o estadual tem muito menos relevância pata a economia atual.
Só quando São Paulo tiver permissão para voltar e só quando os grandes clássicos estiverem decidindo os estaduais paulista, carioca, mineiro e gaúho, apenas nesse momento a Copa do Nordeste terá alguma concorrência.

Por Resenha Esportiva.
Matéria do PVC.
Foto: Divulgação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário