segunda-feira, 24 de agosto de 2020

FALTAM ÁREAS EXCLUSIVAS PARA TREINAMENTO DE CICLISTA NO CEARÁ


Não existem áreas específicas para a prática de ciclismo no Ceará, assim como ocorrem em outros Estados. Sem regiões delimitadas, profissionais e amadores se arriscam em rodovias de maior fluxo e ficam mais expostos a riscos de acidentes.
A implantação de uma área do tipo começou a ser discutida através do projeto de indicação 86/19, deliberado na Assembleia Legislativa do Ceará, no ano passado, que estipula a criação da Área de Proteção ao Ciclismo de Competição da Sabiaguaba (APCCS), em Fortaleza.⠀
O equipamento seria instalado na CE-010, entre a ponte sobre o Rio Cocó e o entroncamento da CE-040, no Eusébio, com extensão de 26,36 km.

Da redação: No Rio de Janeiro já existem três áreas de treinamento para os ciclistas cariocas, Somadas, as três áreas de proteção têm 26 quilômetros dedicados ao treinamento de ciclistas.
Esperamos que essa iniciativa possa ser aprovada no Ceará e com isso possa criar novas áreas de treinamento também no interior do estado, onde o ciclismo está crescendo e com maior números de atletas amadores e profissionais.
Aqui em Camocim nos últimos anos o crescimento de ciclista aumentou consideravelmente, devido ao grande número de ruas asfaltadas e a CE-204 inaugurada em 2014 que tem 15km de extensão, com isso a prática do ciclismo ficou melhor para aqueles que buscam cuidar da sua saúde como por aqueles que competem em competições amadoras e profissionais.

Por Helton Rocha.
Com Informações do DN.
Foto: Abelhas Bike.

Nenhum comentário:

Postar um comentário