sexta-feira, 6 de março de 2020

CLÁSSICO COM GOSTO AMARGO!


Na noite de ontem tivemos mais um jogo válido pelo camocinense de futebol, Jovem Estrela e Santos protagonizaram o clássico praiano, jogo que valia bem mais que o ego de sair vitorioso do jogo contra seu rival histórico, mas também eram importantíssimas para as duas equipes, terem chances definitivas de classificação para a segunda fase da competição.
Pois é, parece que nem a motivação extra do clássico fizeram as equipes querer tirar o zero do placar. Não foi um jogo morno, porém faltou criatividade de ambas as equipes, os meios campistas não estavam em uma noite iluminada, porém os atacantes estavam em uma noite amarga amigos, foram peças praticamente nulas durante os 90 minutos.
Os melhores lances do time santista foi em uma cobrança de falta, em que o goleiro de forma estranha conseguiu pegar a bola, já do lado do Jovem Estrela, em uma jogada lá pela linha de fundo, a bola cruza toda área e encontra o atacante do Jovem Estrela, o camisa onze desperdiça o lance mais claro do jogo, ele fura a bola, sem marcação, sem goleiro, e ele não aproveitou a chance.
Já os destaques da partida de ontem foi, a sólida dupla de zaga do Jovem Estrela, que todos os momentos da partida não deram sorte para o azar, outro fato curioso e que foi destaque, foi a grande quantidade e presença das torcidas dos times, em plena quinta feira à noite, um público que ainda não tinha visto nem nos jogos de finais de semana.

Por Rosberg Viana.
Foto/Arte: Helton Rocha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário